segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Audiência Pública discutirá duplicação da Bunjiro Nakao

Foto: Jornal do Povo
Foi publicado no Diário Oficial do Estado o Aviso da Audiência Pública que possibilitará a contratação das obras de modernização da Rodovia Bunjiro Nakao (SP-250), entre Vargem Grande Paulista e Ibiúna. A sessão será realizada dia 25 de outubro, às 15h, na sede do Departamento de Estradas de Rodagem, em São Paulo.

A obra vem sendo adiadas desde 2008. A promessa de iniciar as benfeitorias já englobou diversas datas. Nenhuma delas honrada pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB). Enquanto isso, acumulam-se acidentes – boa parte deles fatais -  que envolvem carros, motos e caminhões.

Na audiência serão apresentados os detalhes técnicos do projeto à população beneficiada pelas obras e às lideranças políticas da região. A participação da população é vital nesse processo, pois suas dúvidas poderão ser esclarecidas nesta data. Os processos públicos de licitação atendem os requisitos da Lei federal 8.666 de 21/06/1993 e a audiência será realizada em acordo com o disposto no Artigo 39 da referida legislação.


O projeto executivo de obras para a SP-250 prevê a duplicação da pista, do km 45,25 ao km 74, beneficiando os municípios de Vargem Grande Paulista, Cotia e Ibiúna. Em função da extensão da obra, ela deverá ser dividida em três lotes. O lote 1 contempla os km 45,25 ao km 53,25, o lote 2 abrange o km 53,52 ao km 63,32 e o lote 3, terá obras realizadas do km 63,32 ao km 74.

A expectativa do DER é que o edital de licitação para contratação das empresas responsáveis pelos serviços seja publicado até o final de 2016. O valor orçado do empreendimento é de R$ 221,4 milhões, a ser financiado pelo Banco Mundial, por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (MIGA).


sábado, 8 de outubro de 2016

INCONFORMADO, APOIADOR DE FÁBIO BELLO VOLTA A AMEAÇAR PESSOAS

Alexsander Souza – ex-diretor de Cultura da Prefeitura – envolveu-se em nova polêmica. No dia 2 de outubro, logo após seu empregador, Fábio Bello, ser derrotado nas eleições municipais, ele fez ameaças a um cidadão que havia criticado o atual prefeito. “O que me interessa é te encontrar, seu palhaço. Acha que tá ‘mechendo’ (SIC) com quem? (...)Pode fazer B.O. Da cadeia eu saio, do inferno você não”, escreveu Alex que, apesar de se dizer muito estudado, parece pouco afeiçoado à língua portuguesa.

Nas mensagens, Souza também diz que “o mundo é pequeno” e que a “hora” daquele cidadão irá chegar. O munícipe cedeu os prints das conversas ao PANORAMA e avisou: o caso vai para a Justiça. “Farei boletim de ocorrência e representarei com advogado no mesmo dia”, afirmou.

SÓ ENCRENCA
Não é de hoje que Alexsander se envolve em polêmicas.  Ele járespondeu  a processo por ofender a honra do ex-prefeito Coiti Muramatsu. Atualmente, sua contenda jurídica é com o jornalista Carlos Rossini, que pede indenização de valor superior a R$ 15 mil pelo fato de ter sido ofendido e ameaçado pelo rapaz.

Alex também já teve de se retratar por ter inventado notícia falsa a respeito de uma empresa de ônibus. Um conhecido advogado ibiunense teria sido alvo de ataques do garoto durante as eleições deste ano. A exemplo de outras supostas vítimas, ele deverá levar o caso a juízo.

O jornalista Bruno Machado, do PANORAMA, também já foi ofendido e ameaçado pelo jovem Alexsander. “Deixe estar, parceiro, sua hora vai chegar”, vomitou o rapaz, em mensagem de áudio devidamente gravada.  Até o momento, todavia, o responsável por este blog aguarda ansiosamente pela tal “hora” aventada por Alex. Para infelicidade geral, ao que tudo indica, o referido momento parece não estar próximo de chegar. Clique aqui para ouvir os desaforos proferidos pelo menino.

LIMPOU-SE?
Em fevereiro de 2015, Alexsander perdeu o cargo de diretor de Cultura, após afirmar publicamente que limparia o traseiro com a opinião dos munícipes que desaprovavam sua conduta. O caso ganhou grande repercussão, mas, ainda que em outra função, Alex continuou a exercer grande influência dentro da Prefeitura. Ele é apontado como um dos “protegidos” do prefeito.

FÁBIO DEVE ACHAR ‘BONITO’
Apesar de tantas polêmicas, Fábio Bello sempre fez questão de manter Alexsander em seu séquito. Dentro da Prefeitura, histórias dão conta de que oi chefe do Executivo é sempre o primeiro a defender e apoiar o incansável ameaçador de opositores. Talvez, Fábio aprove e tenha grande apreço pela conduta do rapaz que não hesita em cometer barbaridades para defender seu empregador.